Novo Tempo

legenda

Novo Tempo

USP identifica dengue através da urina e da saliva


Por marciobasso 25/06/2010 - 10h45

Pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) desenvolveram uma metodologia para identificação do vírus da dengue em amostras de urina e saliva.
Na nova técnica, as substâncias são analisadas em um equipamento denominado termociclador, que amplifica amostras de DNA e revela a presença do vírus em até três horas.
A nova metodologia é uma alternativa ao tradicional exame de sangue, que demora dez dias para informar se o paciente está com a doença. Apesar das frequentes mutações virais, os pesquisadores identificaram no genoma do vírus da dengue trechos “conservados” de seu DNA. A grande inovação nesse projeto é a estipulação de “padrões” de análises para a detecção do vírus da dengue.
Com informações do Último Segundo