Novo Tempo

legenda

Novo Tempo

Salão do Automóvel de SP abre para o público


Por marciobasso 27/10/2010 - 08h02

Depois de dois dias de apresentações exclusivas para a imprensa, as máquinas do Salão do Automóvel de São Paulo poderão ser vistas pelo público a partir das 14h desta quarta-feira (27). Estão expostos no Anhembi cerca de 450 modelos de 42 fabricantes. Entre os veículos, 180 serão lançamentos. O evento termina no dia 7 de novembro.
Entre os destaques desta edição que comemora os 50 anos do Salão estão o carro mais rápido do mundo, o Veyron, no estande da Bugatti, e o Pagani Zonda R, superesportivo de R$ 10 milhões, veículo mais caro do evento, exibido pela importadora Platinuss. A Ferrari mostra a edição limitada 599 GTO, a mais potente já feita pela marca. Para receber as novidades, o Anhembi cresceu 5 mil metros quadrados e passa a contar com 76 mil m² de área útil. No espaço são esperados, até o dia 7, 625 mil visitantes, o maior montante já registrado pelo evento.
Outro cinquentenário a ser celebrado durante o salão é o de aniversário de Ayrton Senna. Em homenagem ao piloto, o instituto expõe dois modelos Lotus, pilotados pelo brasileiro nas temporadas de 1985 e 1987.
Ingressos, horários e transporte
Os ingressos na bilheteria custam R$ 40 para adultos e R$ 30 para crianças. Menores de 5 anos e maiores de 60 anos não pagam. Nesta quarta, o Salão estará aberto das 14h às 22h. De 28/10 a 6/11, das 13h às 22h. No 7 de novembro, das 11h às 19h.
A organização do evento irá oferecer transporte gratuito aos visitantes. Ônibus circulares sairão da Estação-Shopping, localizada no terminal rodoviário do Tietê. O serviço será oferecido uma hora antes da abertura do salão e até uma hora depois.
Para os visitantes que optarem pelo automóvel, o estacionamento do Anhembi conta com 8.500 vagas e as entradas podem ser feitas pelo Portão 38 e pelo Sambódromo. Veículos de passeio pagam R$ 25, motos R$ 15 e ônibus R$ 50.
Outros serviços
Ao todo, o pavilhão conta com 2 restaurantes, 15 lanchonetes, posto médico, guarda volume (R$ 10) e banheiros adaptados para pessoas especiais.