Novo Tempo

legenda

Novo Tempo

Governo vê fracasso em fusão Pão de Açúcar/Carrefour


Por marciobasso 05/07/2011 - 10h40

O governo considera que dificilmente vai prosperar a proposta de fusão entre o Pão de Açúcar e as operações brasileiras do Carrefour, informa reportagem de Valdo Cruz e Toni Sciarretta para a Folha.
O motivo é que o Casino, sócio francês de Abilio Diniz no comando da rede, não abre mão de exercer o controle pelo qual pagou caro seis anos atrás.
Pela primeira vez desde o início da crise, o presidente do conselho do Casino, Jean-Charles Naouri, veio ao Brasil falar com autoridades do governo Dilma Rousseff. Ao presidente do BNDES, Luciano Coutinho, Naouri deixou claro que não aceita negociar a fusão com Abilio. Naouri insistiu em que o governo brasileiro não pode apoiar um ato que considera ilegal, vai contra o Estado de Direito e fere os princípios da ética comercial.
Coutinho repetiu a Naouri que só aprovará a participação do BNDES se houver “entendimento” entre os sócios. Diante da repercussão negativa da ajuda do BNDES à fusão, o Planalto havia orientado Coutinho a não assumir nem “protagonismo” nem “papel de intermediador” entre Abilio e Naouri.
Fonte: Folha de S.Paulo

Alex Argozino/Editoria de Arte/Folhapress