Novo Tempo

legenda

Novo Tempo

Fundação SOS Mata Atlântica realiza Casa Aberta Especial para Crianças


Por marciobasso 29/06/2010 - 07h46

No mês de julho a Fundação SOS Mata Atlântica realiza uma nova edição da Casa Aberta Especial para Crianças. A atividade, gratuita, acontece no próximo dia 15, às 14h, na sede da ONG, localizada na Rua Manoel da Nóbrega, 456, Paraíso, em São Paulo.  O objetivo é oferecer uma opção de passeio para pais e filhos aproveitarem as férias escolares e aprenderem sobre o Bioma em que vivem. Podem participar crianças de 6 a 12 anos acompanhadas dos pais ou responsáveis.
A novidade dessa edição é o tema da atividade: “a biodiversidade da Mata Atlântica”. A programação começa com os pais e as crianças recebendo as boas-vindas da Fundação e a apresentação de um vídeo de abertura sobre as características da Mata Atlântica em fauna, flora, entre outras. Em seguida os pais partem para fazer um roteiro na sede da SOS Mata Atlântica e terão a oportunidade de conhecer os projetos e profissionais.
Paralelamente a isso, as crianças irão participar de jogos, trabalhos manuais como o Painel Diversidade da Vida que sugere que todas as crianças se organizem e, juntas participem da montagem de um painel que mostre a diversidade da vida. Haverá ainda dinâmicas, entre elas a Fotografando com os Olhos, realizada em dupla, no qual um dos integrantes coloca uma venda simulando ser a máquina fotográfica e o outro, sem venda, o fotógrafo. Ao final das fotografias, o monitor da atividade incentiva a discussão sobre a percepção de cada um, ou seja, se a máquina fotografou o que o fotógrafo queria, ou se olharam pra a mesma direção, mas viram coisas diferentes. Também será trabalhada a questão da biodiversidade, considerando o que cada um observou e fotografou no ambiente disponível, identificando as espécies, relações entre elas e com a vida das crianças.
Outra atividade, a Teia da Biodiversidade, acontece entre as crianças e os adultos. Nela, o coordenador da atividade propõe aos adultos que escrevam uma espécie qualquer de vida encontrada no ambiente urbano. As crianças devem escrever uma espécie encontrada no ambiente não urbano (no campo, na floresta, no mar, etc.) Forma-se um círculo, a primeira pessoa amarra um barbante no seu dedo, tira um papel da caixa e lê, em seguida joga o rolo de barbante para quem ela quiser e ela também deve ler uma tira de papel, e assim sucessivamente. Ao final, uma teia terá se formado, e o facilitador pode abordar vários itens das questões socioambientais sob o ponto de vista da biodiversidade.
As vagas são limitadas e para participar é necessário fazer inscrição antecipadamente, pelo e-mail info@sosma.org.br ou pelo telefone (11) 3055-7896.
Com informações da Assessoria de Imprensa