Novo Tempo

legenda

Novo Tempo

Espanha prevê estagnação na economia no 3º trimestre


Por marciobasso 11/11/2011 - 09h24

A economia espanhola se estagnou no terceiro trimestre do ano, informou nesta sexta-feira o INE (Instituto Nacional de Estatística) da Espanha. A estimativa ratifica o dado antecipado pelo Banco da Espanha no último dia 31 de outubro. O ritmo de avanço anualizado, por sua parte, se manteve em 0,8%.
O instituto avaliou que a elevada contribuição do setor externo ao crescimento compensa apenas parcialmente a influência negativa da demanda nacional. De acordo com o antecipado pelo Banco da Espanha, a estagnação pode ser atribuída aos cortes de despesa das administrações públicas e ao prolongamento da contração no setor da construção.
A contribuição do setor externo ao PIB (Produto Interno Bruto) continuou positiva, principalmente, pelo dinamismo do turismo, afirmou o Banco da Espanha.
No entanto, a entidade advertiu que as exportações de bens e o turismo — que constituem o principal suporte da economia — poderiam se desacelerar no último trimestre do ano.
O INE publicará os dados detalhados da contabilidade nacional no próximo dia 16 de novembro.
A profunda crise vivida pela Espanha se traduziu em quase cinco milhões de desempregados, em uma economia estagnada e em mercados internacionais à espreita da dívida do país.

DA EFE, EM MADRI

O desemprego na Espanha já afeta cerca de 5 milhões de pessoas - Foto: Reuters