Novo Tempo

legenda

Novo Tempo

Conselho Nacional aceitou recurso da defesa do promotor Eliseu José Berardo Gonçalves


Por Gabriela Frontini Ruela 01/12/2010 - 03h15

O Conselho Nacional do Ministério Público aceitou julgar um recurso da defesa do promotor Eliseu José Berardo Gonçalves, de Ribeirão Preto (a 313 km de São Paulo), contra o seu afastamento.
Berardo foi suspenso por 22 dias pela acusação de tentar seduzir Suzane von Richthofen, 25, condenada por matar os pais em 2002. Segundo a jovem relatou a uma juíza, o promotor teria se oferecido para ajudá-la e até teria colocado uma música romântica quando ela foi ao gabinete dele, em 2007, depor sobre supostos maus-tratos na Penitenciária de Ribeirão, onde Suzane estava presa.
O advogado do promotor, Heráclito Mossin, disse que decidiu entrar com pedido de revisão da pena porque é falsa a acusação de assédio feita pela condenada.
(fonte: Folha online)