Novo Tempo

legenda

Novo Tempo

Brasil gerou 118 mil vagas de empregos formais em janeiro


Por marciobasso 23/02/2012 - 03h33

O Brasil registrou a criação de 118.895 vagas com carteira assinada em janeiro, segundo os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados nesta quinta-feira (23) pelo Ministério do Trabalho. Este é o pior resultado para o primeiro mês do ano desde 2009, quando foram fechados 101.748 postos de trabalho.
Na comparação com janeiro de 2011, o resultado foi 21,82% menor, quando foram gerados 152.091 postos de trabalho. Em dezembro de 2011, houve o fechamento de 408.172 vagas, ante a geração de 42.735 em novembro de 2011.
O setor de serviços foi o que mais criou empregos formais em janeiro, com a abertura de 61 mil postos com carteira assinada. Em segundo lugar está o setor de construção civil, que criou 42 mil vagas. A indústria de transformação abriu 37 mil vagas e a agropecuária foi responsável pela criação de 12 mil empregos com carteira assinada. Já o comércio, fechou 36 mil vagas em janeiro de 2012.
O resultado veio em linha com a estimativa de mercado de criação de 100 mil vagas.
Desde janeiro de 2011, registrou-se a criação de 2.085.344 postos de trabalho, uma expansão de 5,8% no contingente de assalariados com carteira assinada do país.
O saldo de janeiro é resultado de 1.711.490 admissões e 1.592.595 desligamentos, ambos os maiores números para o mês.
PRISCILLA OLIVEIRA
Fonte: www.folhaonline.com.br