Novo Tempo

legenda

Novo Tempo

Banco chinês se abre para o mercado


Por marciobasso 30/06/2010 - 02h09

Investidores fizeram fila em Hong Kong nesta quarta-feira para se registrar para a compra de ações do quarto e último banco estatal da China a abrir capital para o mercado.
A abertura de capital do Banco Agrícola da China (AgBank) poderá se tornar a maior operação do tipo na história se arrecadar os previstos US$ 23 bilhões com a venda de ativos para investidores.
O objetivo do banco é vender 14% de seu valor. O banco britânico Standard Chartered afirmou que vai investir US$ 500 milhões no Banco Agrícola da China. Catar e Kuweit planejariam investir US$ 3,6 bilhões.
Outros potenciais investidores seriam o fundo Temasek Holdings, de Cingapura, o empresário Li Ka Shing, de Hong Kong, e o Rabobank, da Holanda.
A opção de compra das ações foi oferecida, primeiro, em Hong Kong e, nesta quinta-feira, será oferecida na China continental.
Os investidores só poderão efetuar a compra das ações em julho, mas muitos analistas já esperam queda nos mercados asiáticos impulsionada pela venda de ações de outras empresas para financiar o investimento no banco.
FONTE BBC BRASIL