Novo Tempo

Tempo de Refletir

Ver como Jesus via

Tempo de Refletir


Por radiont 05/12/2019 - 08h57
00:00
00:00
Volume
Velocidade

Marcos 8:25 (DCB): “Mais uma vez Jesus colocou as mãos sobre os olhos do homem. […] Ele passou a ver as pessoas como Jesus as via”.


Se você tivesse que escolher um grupo de alunos com os quais realizar uma grande tarefa, e tivesse que ensinar-lhes desde o básico, escolheria alunos com as características dos discípulos? Eles tinham sua própria lista de bem-aventuranças, e ela não incluía as bem-aventuranças de Jesus.


O Mestre olhou para as futuras possibilidades de João, Pedro, Tomé, entre outros, e não para as qualificações presentes daqueles homens simples. Como professor por excelência, Ele podia amar as pessoas não meramente pelo que eram, mas por aquilo que podiam se tornar.


Um professor experiente deu uma tarefa para um grupo de jovens estudantes: sair e encontrar ao lado do caminho, ou de alguma estrada solitária, uma flor desconhecida. Pediu-lhes que a estudassem demoradamente.

“Peguem uma lupa e estudem as delicadas veias nas folhas. Observem as tonalidades. Olhem de outro ângulo, observem a simetria. E, lembrem-se, essa flor poderia continuar sem ter sido notada se você não a tivesse encontrado.”


Quando a classe voltou, depois da tarefa, o professor comentou: “As pessoas são assim. Cada uma delas é diferente e tem seu jeito peculiar. Mas você tem que lhes dedicar algum tempo, para que cheguem a saber disso. Muitas pessoas continuam sem ser notadas e apreciadas porque ninguém gasta tempo com elas, nem admira suas particularidades.”


Os pais podem despertar qualidades nos filhos. Os professores podem abrir janelas para os alunos. Um chefe de seção pode descortinar aos empregados um mundo de conquistas. Alunos veteranos podem dar apoio aos calouros para que se ambientem rapidamente.


Tanto na escola como no trabalho, há pessoas que chegam como se fossem botões fechados, com medo de se abrir e se expor. O calor humano e a simpatia farão com que se abram e mostrem sua beleza interior.


De Jesus é dito: “Em cada ser humano, Ele divisava infinitas possibilidades. Via os homens como poderiam ser, transfigurados pela Sua graça. […] Olhando para eles com esperança, inspirava-lhes esperança. Encontrando-os com confiança, inspirava-lhes confiança” (Educação, p. 80).

Reflita sobre isso no dia de hoje e pratique também! Ore comigo:

Senhor, quero olhar as pessoas como Jesus me olha e como Jesus olha cada um dos seres humanos. Por favor. Eu peço em nome de Jesus, amém!